O farmacêutico pode atuar em diversas áreas, incluindo a área de alimentos. E por que o farmacêutico pode atuar na área de alimentos? Primeiramente, os alimentos são fontes de vitaminas, minerais, aminoácidos. Ou seja, são essenciais para o funcionamento do nosso organismo, podendo contribuir positivamente ou negativamente com o funcionamento do nosso corpo. De acordo com essas características, os alimentos podem interagir com medicamentos facilitando ou dificultando sua absorção e todo o seu metabolismo, bem como podendo ser adjuvantes em tratamentos farmacológicos.

 

O farmacêutico pode atuar na área alimentícia de diversas formas. Sendo algumas delas:  desenvolver métodos de obtenção de produtos alimentares para uso humano e veterinário,  controle microbiológico, químico, sensorial e físico-químico, bem como atuar no desenvolvimento de processos fermentativos, de formulações nutracêuticas e alimentos de uso enteral e parenteral, realizar e controlar análises bromatológicas e toxicológicas, atuar na normatização e fiscalização junto à vigilância sanitária de alimentos, controle de qualidade em todos os processos que tangem à alimentos e treinamentos da equipe de acordo com as normas de Boas Práticas de Fabricação.

 

Regulamentação da Atuação do Farmacêutico na Área de Alimentos

Essas atividades não são privativas ao farmacêutico. De acordo com a Resolução nº 530 de 25 de fevereiro de 2010, do Conselho Federal de Farmácia, o farmacêutico divide o espaço com engenheiros químicos, de alimentos, com químicos e biomédicos. Resolução na qual possui papel importantíssimo nas atribuições do farmacêutico e sua responsabilidade técnica na área de alimentos.

 

Curiosidades de Farmacêuticos na Área de Alimentos

 

Você conhece o Guaraná Jesus? E a Coca-Cola?

A área alimentícia está sempre em grande renovação e em busca de melhores produtos e aperfeiçoamento de métodos de análises bromatológicas. É imprescindível a presença do farmacêutico contribuindo nessas questões. Um grande exemplo de atuação é do  farmacêutico Jesus Norberto Gomes (1891-1963). Este criou, em São Luis, Maranhão, no início dos anos 1920, uma bebida a partir do extrato de guaraná, cafeína, teofilina e teobromina. O seu objetivo era desenvolver um medicamento para indisposições estomacais. O resultado foi uma bebida de aroma lembrando tutti-frutti com traços de cravo e canela de cor rósea.  Jesus Norberto iniciou as vendas no produto em sua própria farmácia. E com o passar dos anos, o farmacêutico construiu um forte mercado no Nordeste. A marca chegou a pertencer à Antarctica nos anos 60, mas atualmente pertence à marca Coca-Cola. A formulação da Coca-Cola também foi criada em 1886 por um farmacêutico, John Smith Pemberton.

 

Você já consumiu algum produto da Nestlé?

Outro  exemplo de atuação do farmacêutico na área de alimentos vem do Henri Nestlé. Nasceu em Frankfurt, na Alemanha (1814-1890),  foi o fundador da Nestlé Alimentos S.A. com sede na Suíça. Henri foi o criador da formulação da  Farinha Láctea Nestlé. A formulação teve seu desenvolvimento a partir da necessidade das crianças da época que possuíam diversos problemas nutricionais, e algumas até perdendo a vida. A formulação possuía como constituinte o leite de vaca com malte, farinha de trigo e açúcar. A produção servia de substituto do leite materno para as crianças incapazes de receber o leite das suas mães. Além disso, retirou o ácido e o amido da farinha de trigo, por serem de difícil digestão para os bebês. O produto podia ser preparado pela simples adição de água e é considerada a primeira fórmula infantil, feita em 1921.

 

Escrito por:

Nathália Moraes - Diretora de Projetos

 

Fontes:

1)  A Carreira do Farmacêutico Bromatologista. Disponível em: http://www.ictq.com.br/guia-de-carreiras/517-a-carreira-do-farmaceutico-bromatologista;

2) Aloísio Brandão. Alimento, um desafio para o Farmacêutico. Pharmacia Brasileira. Disponível em: http://www.cff.org.br/sistemas/geral/revista/pdf/123/035a042_alimentos.pdf

3) Farmacêutico em Alimentos e Bromatologia. Disponível em: http://pfarma.com.br/profissao-farmaceutico/81-farmaceutico-em-alimentos-e-bromatologia.html

4) A Carreira do Farmacêutico Bromatologista. Disponível em: http://www.ictq.com.br/guia-de-carreiras/517-a-carreira-do-farmaceutico-bromatologista