Um dos grandes fatores que uma empresa pode não estar apresentando resultados esperados, é por causa de desmotivação de funcionários. Um ambiente empresarial, que entende as necessidades dos funcionários, busca medidas para incentivar para que o mesmo se sinta parte da empresa, e com isso gerar um aumento de produtividade.

Motivação é uma palavra derivada da junção de outras duas: motivo e ação. Então, para que alguém se sinta motivado a ter uma ação, é necessário que a pessoa consiga enxergar um motivo para isso. Dessa maneira, é perceptível que um indivíduo com motivação é aquele que vê propósito naquilo que está fazendo e, por isso, põe toda sua energia na realização da tarefa.

 

Mas por que Metas é o ideal?

Metas para desempenho são incentivos que visam melhorar o rendimento das empresas. Tem como objetivo motivar os funcionários, e assim, aumentar a produtividade. De fato, um grande número de pesquisas mostram a relação positiva entre incentivos dos colaboradores e o sucesso das empresas.

Investir na criação de uma política de incentivo eficiente é uma questão estratégica para toda e qualquer organização que deseja manter os níveis de competitividade e sustentabilidade no mercado. Porém, é necessário ter cuidado e observar pontos importantes para que tudo saia como o planejado.

Não há um método certo para definir suas metas de vendas. Após uma análise do mercado e da sua empresa, serão definidos objetivos concretos, possíveis de serem alcançados e que possam ser melhorados a cada mês. Suas metas serão verdadeiros norteadores a serem seguidos.

 

Quais pontos são importantes?

Listamos alguns pontos importantes a serem seguidos:

 

Análise de atuação

Conhecer bem o mercado de atuação é o primeiro passo para estabelecer metas.

Essas informações podem ser buscadas em associações, jornais, na internet e até por meio de uma pesquisa própria. A partir desses dados, você deve analisar como está o crescimento do mercado e da sua empresa nos últimos anos.

 

 Verificar o Faturamento

Veja seu aumento de faturamento nos últimos meses e anos. Fazer uma análise histórica é primordial, se sua empresa já existir a algum tempo no mercado, ou faça estimativas, se tiver um negócio novo.

Tanto a análise do mercado quanto o índice de faturamento da sua empresa permitirá que se tenha uma boa base para traçar metas mais assertivas.

 

Veja a Capacidade Produtiva

A capacidade de produção da equipe é um fator determinante para se estipular metas com o foco no aumento do faturamento. Para aumentar, é preciso que a capacidade produtiva não esteja comprometida.

Analise, com base nos funcionários que se tem atualmente, quanto você pode produzir e entregar com qualidade cumprindo os prazos combinados.

 

Objetivos Claros de Crescimento

Esse ponto é crucial quando se trata de criar campanhas de incentivo que realmente dão certo. Primeiramente, é preciso ter muito claro qual o objetivo do projeto. Pode ser desde um aumento percentual nas vendas da empresa, o lançamento de um novo produto ou mesmo a queima de estoque. O importante é que se saiba exatamente o alvo da ação.

Com o objetivo bem esclarecido e determinado, chega o momento da criação das regras, a política de incentivo em si. Se a premiação for um bônus em dinheiro, por exemplo, como os colaboradores serão contemplados? O que terão de realizar? Quais itens ou tarefas serão avaliados na hora de determinar quem será premiado?

Ter bastante cuidado neste planejamento é importante, porque ao saber exatamente o que devem fazer para obterem a premiação, os colaboradores podem fazer a sua parte e se focarem no alcance do objetivo. Além disso, ter as regras claras diminui de maneira significativa mal entendidos causados por má interpretações, o que pode ter o efeito contrário: desmotivar as pessoas e gerar um clima desagradável na empresa.

 

Confie na sua Equipe

Sua equipe precisa ser formada por aqueles com que você mais confia. Eles precisam sentir que você acredita neles e confia no trabalho de cada um.

Programas de incentivo são essenciais para que trabalhem motivados a superar suas metas. Por exemplo:

  • Crie metas ousadas, mas não impossíveis para não frustrar o funcionário;
  • Certifique-se de que as metas individuais sejam justas e transparentes, evitando privilégios, ou discriminação entre os funcionários;
  • As metas devem ter um prazo certo para serem cumpridas;
  • Avalie constantemente as metas fixadas e faça as adequações quando necessário.

 

Repasse sobre o Acompanhamento das Ações

Já mencionamos a importância de acompanhar cada passo da criação de uma política de incentivo aos funcionários. Mas é crucial que fique muito claro que não é somente durante a fase de planejamento que a campanha deve ser acompanhada de perto.

É necessário checar e repassar se as ações estão sendo desenvolvidas, quais caminhos elas estão tomando. Os colaboradores estão mesmo envolvidos e motivados a alcançar o que foi proposto? Quando mais cedo encontrar e analisar gargalos, mais rápido a campanha tomará o caminho certo.

O mesmo se aplica para o término das campanhas. É preciso coletar os resultados e analisá-los para se ter a certeza de que o resultado final foi mesmo o esperado. Reunir todas essas informações, propondo melhorias para os pontos deficientes e reforçando o que deu muito certo e o que pode ser aproveitado nas próximas campanhas é a estratégia mais certeira na hora de criar uma política de incentivo aos funcionários cada vez mais eficiente e alinhada às aspirações da empresa.

 

Escrito por:

Ana Beatriz Costa - Assessora de Marketing